Blog

Ministério da Cultura promove, de 8 a 12/11, a 3ª Edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MICBR)

Evento será realizado em Belém, no Pará, sendo pela primeira vez sediado na Amazônia

O Ministério da Cultura (MinC) promove, de 8 a 12 de novembro, em Belém, no Pará, a 3ª Edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MICBR), um mega evento que inclui rodadas de negócios, atividades de networking, showcases, mentorias, conferências, mesas de debate e atividades culturais. Para compor a delegação comercial brasileira, o MinC vai investir R$ 1,118 milhão no edital que irá levar 260 empreendedores culturais e criativos.

O MICBR acontece no Hangar Centro de Convenções, em Belém (PA). É a primeira vez que a Amazônia sedia o evento, realizado pelo MinC e pela Organização de Estados Ibero-americanos (OEI), com patrocínio master da Vale e do Instituto Cultural Vale. Também apoiam a iniciativa o Sebrae, o YouTube, a Caixa Econômica Federal e o Banco da Amazônia (BASA). A programação das palestras e oficinas é apresentada pela Vale e Instituto Cultural Vale, com apoio do British Council. A Apex-Brasil é parceira nas rodadas de negócios e atividades de formação de redes.

O Mercado das Indústrias Criativas é realizado, ainda, com apoio do Governo do estado do Pará, por meio das secretarias de Cultura e Turismo, e pela Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Cultural de Belém e da Companhia de Desenvolvimento da Região Metropolitana.

O objetivo é fomentar e impulsionar o crescimento dos setores criativos, facilitar a circulação de bens e serviços culturais, estimular a internacionalização da produção cultural nacional e promover a profissionalização dos agentes culturais brasileiros. Além disso, o Mercado reúne empresas, criadores e empreendedores de 15 setores: Áreas Técnicas, Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual & Animação, Circo, Dança, Design, Editorial, Gastronomia, Hip Hop, Jogos Eletrônicos, Música, Moda, Museus & Patrimônio e Teatro.

A vasta programação aberta ao público e gratuita, inclui rodadas de negócios, atividades de networking, showcases, oficinas, painéis, atrações artísticas, exposições e feiras.

Espetáculo Amazônias

Amazônias é um espetáculo inédito, que representa um encontro de amazônidas representantes do Norte, em sua cultura, música e identidade. Celebrando a diversidade cultural do Brasil. Do música indígena ao carimbó, da guitarrada a batida eletrônica do tecnobrega – essa mistura fará parte da terceira edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasill (MICBR) 2023, que começa na próxima quarta, dia 8.

Reunindo mais de 50 artistas entre cantores, músicos, bailarinos e artistas visuais, traz um elenco rico e plural, é mais do que um show, um espetáculo que destaca a importância da região amazônica, dos povos indígenas e da valorização da diversa cultura amazônida.

Nomes amazônidas de grande destaque, como Manoel Cordeiro e Gang do Eletro, trazem consigo a autenticidade da música amazônica e são fundamentais para a construção sonora e artística desse imaginário musical tão importante para a identidade da região. A participação das cantoras Patrícia Bastos, do Amapá, e Djuena Tikuna, do Amazonas, integrante da etnia Tikuna, enriquece ainda mais a pluralidade do espetáculo, evidenciando a diversidade musical e cultural presente nessas tantas Amazônias. O grupo UAPI Amazônia Percussiva, formado por 10 (dez) percussionistas da região, traz os ritmos do Norte, como o boi e o marabaixo, reforçando a conexão da música com as raízes da construção rítmica do Brasil.

Além disso, a presença de importantes nomes contemporâneos da música pop da Amazônia, como a cantora Aíla, o rapper Victor Xamã e a Dj Méury, demonstra como a tradição pode se fundir com influências pops globais, criando uma ponte entre o passado e o presente, mostrando ao mundo a riqueza cultural das Amazônias em constante ressignificação.

As artes visuais e a dança trazem a beleza e a tradição de uma cultura repleta de significados, somam valor histórico e cultural ao espetáculo, parte intrínseca da identidade da Amazônia, uma celebração da rica diversidade cultural presente, na importância de valorizar e proteger todas as expressões artísticas e tradicionais do nosso país.

Fonte: Agência Gov, com informações do Ministério da Cultura (MinC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *